vbet.lat

Economia

vbet.lat - Três montadoras paralisam fábricas devido vendas em baixa

Indústria automobilística ainda não aqueceu volume de vendas. Três grandes montadoras paralisam fábricas para ajustar oferta de veículos

Fábrica da Stellantis em Goiana (PE): modelos da Jeep com produção suspensa

Semana começa com a indústria automobilística com ritmo de apreensão: três montadoras paralisam fábricas no Brasil para ajustar demanda e oferta. Em outras palavras, vendas fracas no setor! Nesta segunda, a Hyundai inicia a suspensão das atividades, seguida pelo grupo Stellantis na quarta. No dia 27, é a vez da General Motors.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

A Hyundai Motors do Brasil (HMB) decretou férias coletivas de três semanas em sua planta em Piracibaca (SP). No local, são produzidos a família HB20 e o Creta. Lembrando que isso não contempla a Hyundai-Caoa, responsável pelo HR e Tucson, além dos importados.

Nesta quarta, 22 de março, a Stellantis, grupo dono de marcas como Jeep, Fiat, Peugeot e Citroën, dispensa funcionários do segundo turno em Goiana (PE). A planta é responsável pela produção de Jeep Renegade, Compass, Commander e Fiat Toro. Na outra semana, também os trabalhadores do primeiro e terceiro turno entram de férias. No total, serão 10 dias sem produção na planta.

Importante lembrar que a Stellantis dispensou em fevereiro 140 funcionários que estavam em contrato temporário na planta de Porto Real.

Confira estes conteúdos que estão bombando:
DPVAT 2023: seguro obrigatório não será cobrado
Porsche 918 Spyder tem o IPVA 2023 mais caro do Brasil
BOATO: mensagem no WhatsApp engana sobre Taxa de Licenciamento

Na segunda que vem, dia 27, é a vez da Chevrolet interromper a produção em sua fábrica de São José dos Campos (SP). No local, a GM produz a S10 e o Trailblazer. No caso da marca da gravata, a paralisação é entre 27 de março e 13 de abril.


Esse movimento das marcas que paralisam fábricas já havia sido notado entre 2020 e 2022, em geral por conta da falta de semicondutores. Agora, o mercado de automóveis zero quilômetro parece dar uma desaquecida, fruto da alta taxa de juros e também inflação de preços. Os efeitos da pandemia ainda não terminaram para o setor. Por exemplo, em 2019, o Brasil teve 2,8 milhões de veículos comercializados. Já em 2022, foram 2,1 mi.


vbet.lat

Fotos, notícias, lançamentos, testes, vídeos e dicas sobre veículos. Bom humor e lifestyle!

Posts recentes

Nissan oferece Kicks por R$ 87 mil para cliente PcD

Marca japonesa oferece linha PcD a partir de R$ 87 mil. Kicks e Versa têm…

4 horas

GWM Haval H6 é o híbrido mais vendido em dezembro de 2023

SUV híbrido chinês teve mais de 2,7 mil unidades vendidas no último mês de 2023.…

24 horas

Jeep aumenta preços e Renegade custa até R$ 200 mil

Jeep Renegade, Compass e Commander recebem aumento de até R$ 9,8 mil. SUV compacto agora…

2 dias

Casal viaja até o fim do mundo com Nissan Kicks

Brasileiros percorreram mais de 13 mil quilômetros com um Nissan Kicks adaptado. Casal chegou a…

2 dias

IPVA 2024: Ferrari LaFerrari vai pagar R$ 736 mil em SC

Confira o ranking dos 10 carros com IPVA 2024 mais caros em SC. Ferrari LaFerrari…

3 dias

Conheça os 40 carros mais vendidos no Brasil em 2023

Fiat Strada lidera ranking dos carros mais vendidos do Brasil pela terceira vez seguida. Polo…

3 dias
vbet.lat Mapa do site